Outward Bound Singapore - utopia real

UM SUPERLATIVO DE CENTRO

O maior centro Outward Bound num dos menores países do mundo. Como é possível que uma cidade-estado de meros 728 km2 habitada por 5,7 milhões de pessoas possua o maior centro da renomada Outward Bound?

Punggol Point Jetty, 8 horas da manhã. O pier no nordeste da ilha principal se colore com as camisetas de diferentes tonalidades do staff, da equipe da Outward Bound Singapore. Atravessando o estreito de Johor vem a barca com seus 60 lugares para levar o staff até a ilha de Pulau Ubin, um dos últimos redutos verdes desse pequeno país.

A barca atraca no píer e de maneira ágil e eficiente os passageiros embarcam e tomam seus assentos. Em menos de 3 minutos estão todos à bordo, as amarras soltas e a barca voltando rumo à base, um antigo campo de treinamento militar que foi disponibilizado com a criação da então Outward Bound School Singapore em 1967 e transformado ao longo dos anos num dos centros mais completos e incríveis da família OB.

De longe já se avista uma réplica do Indiana, o barco com o qual Sir Thomas Stamford Raffles chegou à ilha para fundar Cingapura. A réplica na verdade é um grande circuito de cordas altas e o convés serve como local de cerimônias, como por exemplo para a formatura de instrutores ou recepções oficiais.

This image for Image Layouts addon

Edifício Principal

Nesse complexo se localizam os escritórios do staff da OBS, salas de reunião e o centro de gestão de riscos. É daqui que é feita a gestão da organização. Todas as manhãs as pessoas que desembracam no píer passam pelo brasão onde se encontra o lema da Outward Bound: to serve, to strive, and not to yield.

Da mesma maneira rápida do embarque, o staff desembarca e cada um ruma às suas tarefas diárias. Mais de 200 pessoas atuam nessa base e se dividem entre administração, instrução e serviços. Uma grande e harmoniosa família que atende anualmente mais de 20.000 participantes em diversos programas, sejam eles para escolas, empresas ou pessoas que se interessam por uma genuína experiência Outward Bound. Números absolutamente impressionantes.

Para atender esse enorme número os Cingapurianos não deixam nada ao acaso. Uma operação com organização e disciplina militar permite que a base atenda a mais de 400 participantes simultaneamente durante uma semana. Atrelada à essa operação eficaz, a base conta com instalações e equipamentos que fazem o coração bater mais alto, seja pelo respeito que elas impõem ou por satisfazer qualquer sonho de consumo de instrutor: Torres e paredes de escalada (artificiais e naturais), circuitos de cordas altas e baixas, tirolesa, salas de aula, piscina semi-olímpica, mais de 400 caiaques, barcos à remo, veleiros, etc., etc., etc.

Caiaques Oceânicos

Para atender o número enorme de participantes a cada semana, o número dos equipamentos precisa ser igualmente enorme. Os 72 caiaques duplos dessa foto acomodam 144 jovens, a frota total é de 400 caiaques.

Voltando à indagação inicial, como é possível que um dos menores países do mundo, o único no mundo a ser “expulso” de uma união nos anos 60 do século passado e ter sua independência decretada por outro país, contar com a maior e mais eficiente base OB do planeta?

Líderes de Cingapuria possuíram grande visão diante dessa situação aparentemente sem saída. Eles reconheceram que o único recurso que dispunham em abundância eram os habitantes de Cingapura. Para sobreviver como cidade-estado era imperativo que esse “recurso” atingisse o maior nível de desenvolvimento possível. Cinquenta anos após a independência, o desempenho escolar de alunos de Cingapura ocupa o topo da pirâmide mundial junto com China e Coréia do Sul.

Uma patrol de Cingapura

Para atender a enorme demanda das ecolas de Cingapura, uma patrol pode ter até 16 participantes acompanhados de uma instrutora. Duas patrols formam uma "dupla": 32 jovens são acompanhados por dois instrutores.

Muito rapidamente perceberam que não só o desenvolvimento da inteligência cognitiva era de fundamental importância, mas também o desenvolvimento do caráter, a chamada inteligência sócio-emocional. Não é por acaso que a fundação da Outward Bound Cingapura segue apenas dois anos após a independência. E os planos para o futuro da OBS são ambiciosos. Nos próximos 5 anos a base deve duplicar sua capacidade e assim conseguir atender todo jovem do ensino médio de Cingapura.

Cingapurianos tem Outward Bound escrito no seu DNA educacional.

Instrutoræs

O dia-a-dia de instrutoræs da Outward Bound Singapore é puxado, começa numa segunda-feira às 07:00 e termina na sexta-feira às 18:00 numa toada só. O processo de seleção é árduo, mas os que passam são muito bem preparados e formados. Apesar dos desafios e do cotidiano extenuante, não perdem o senso de humor.

O texto acina relata a visita que Andreas Martin fez à Outward Bound Singapore em Outubro de 2014. No ano seguinte o Governo de Cingapura decidiu investir em um novo campus da Outward Bound para a poder atender todos os jovens do ensino médio daquele país.

O local escolhido foi Coney Island e ocupará uma área de 12 hectares, aproximadamente 14 campos de futebol. Ele ficará situado no extremo sudeste da ilha e o investimento das instalações está estimado em S$ 250 milhões (US$ 180 milhões).

OBS Coney Island Campus

Como parte do National Outdoor Adventure Education Masterplan, um novo campus Outward Bound Singapore (OBS) será desenvolvido em Coney Island. Junto com Pulau Ubin, a capacidade anual passará para 45.000 participantes.

Artigos Relacionados